Você conhece a história dos donuts?

Se você já veio aqui no Café Donuts e saboreou nossas delícias, certamente já deve ter se perguntando: Mas de onde surgiu? Quando? Quem foi tão gênio para ter criado uma coisa tão gostosa dessas?

O nome “donut” vem de “doughnut”, que em inglês significa rosca frita. A expressão foi usada pela primeira vez pelo historiador Washington Irving no livro History of New York (História de Nova York), de 1809.

O Donut é um pequeno bolo em forma de rosca, originário dos Estados Unidos. Consiste numa massa açucarada frita, que pode ser coberta com diversos tipos de coberturas doces coloridas, como por exemplo chocolate.

A verdade quanto à origem do donut não é consensual. Existe uma teoria que indica terem sido introduzidos na América do Norte por povoadores holandeses.

Por outro lado, Hanson Gregory, de origem americana, reclamou para si a invenção do donut em 1847, a bordo de um navio de transporte de fruta, quando tinha apenas dezesseis anos de idade. Este afirmou ter feito um buraco em um doce parecido com o “sonho”, ao não se encontrar satisfeito com os centros crus que estas por vezes apresentavam. Segundo este, o buraco teria sido feito com um frasco de pimenta do navio.

A invenção do buraco feita por Gregory fez enorme sucesso e virou uma paixão nos EUA. Ela até rendeu uma placa de bronze na sua cidade natal, Rockport.

Ao contrário do Homer Simpson, e do povo norte-americano, o brasileiro prefere os donuts recheados, e não as rosquinha. O sabor ‘bavarian’, com creme de baunilha, é o favorito do brasileiro, junto com os donuts recheados de chocolate e doce de leite. Esses sabores são os mais vendidos.

Quer saber por que os donuts fizeram história? Têm coisas que só devorando pra saber. Venha experimentar!