Sabia que o pão de batata tem certidão de nascimento?

Nem sempre é possível precisar a data de nascimento de uma receita, mas o pão de batata tem até certidão de nascimento comprovando que ele foi criado em 14 de janeiro de 1790, há mais de dois séculos.

Durante o caos provocado pela Revolução Francesa e da queda da Bastilha, o parlamento contratou o cientista francês Antoine-Augustin Parmentier, que recebeu a autorização para trabalhar uma fórmula de se preparar pão sem farinha de trigo ou de centeio.

Ele fez bem mais do que inventar o Pão de Batata. Anteriormente a este período, ele havia experimentado diversas formas de preparar o tubérculo para provar aos franceses que a batata não era venenosa.

Preparou purês, fritou, cozinho, assou. Testou de todas as forma. Ainda, bem. Que seria da humanidade sem as batatas.

A gastronomia passou a partir destas contribuições, a viver uma nova historia. Boa parte do mundo deixou de passar fome. A descoberta deu nova dimensão a economia e valores étnicos. Transformou a agricultura alemã, deu nova qualidade calórica aos egípcios e elevou à China a maior produtora mundial da batata. Aos italianos propiciou a produção de nhoque, aos belgas, batatas fritas. Para os russos e polacos, base para a vodca, aos espanhóis, as tortilhas, aos portugueses o caldo verde e mais batatas nas bacalhoadas.

Fonte: A Gazeta